Eu poderia apostar que você, sem dúvida utiliza um – ou mesmo todos – esses serviços, não é mesmo?

Você já parou para pensar como esses serviços se tornaram grandes conhecidos do nosso dia a dia?

A resposta é simples: porque eles investiram esforços em estratégias de marketing, comunicação e relacionamento com os clientes.

E foi esse conjunto de ações que garantiu para eles o top 1 em seus segmentos de mercado, conquistando o sonho de consumo de qualquer empreendedor.

 

Gigantes em números…

O Google surgiu em 1998. Ao longo de sua trajetória, a empresa desenvolveu produtos e aprimorou serviços que a tornaram uma das mais valiosas do mundo, além de  uma referência em tecnologia.

Para se ter um ideia, o faturamento da Alphabet, empresa dona do Google foi cerca de US$ 41,2 bilhões (R$ 233,1 bilhões de reais), no primeiro trimestre de 2020. 

Já a Netflix, outra empresa gigante, foi fundada em 1997 por um matemático juntamente com um marketeiro que buscavam revolucionar o mercado de locação de filmes, através de um serviço por assinatura de empréstimos de DVD’s.

A estimativa de faturamento da queridinha do streaming é de R$ 6,7 bilhões no ano de 2020.

O Spotify, por sua vez, não fica para trás. A plataforma de streaming lançada em 2008 na Suécia obteve um lucro de cerca de 1 milhão de euros, no primeiro trimestre deste ano.

Eu sei o que você deve estar pensando….

Quando você pensa nos resultados estrondosos dessas empresas é difícil imaginar que uma pequena empresa possa utilizar as mesmas estratégias de marketing.

Mas é aí que você precisa entender que é possível ter insights muito bons com exemplos das grandes empresas do mercado, adaptando as estratégias de marketing para o pequeno e médio negócio.

 

Como posso adaptar as estratégias?

Muitas vezes, as estratégias de marketing são simples mas bem estruturadas, fazendo com que a empresa tenha sucesso e retorno financeiro. 

O ponto é entender os insights e buscar escalar as ações de acordo com a realidade da sua empresa. 

Feito isso, algo muito importante que você deve fazer também é colher e analisar os resultados das ações. Obviamente, mesmo nas empresas maiores, tiveram ações de marketing que não funcionaram muito bem. 

Mas isso não é motivo para parar, é assim que você conhece seu público e consegue entender o que gera mais ou menos interesse dos usuários que se conectam com a sua empresa.

 

Quais são as estratégias de ouro do Google?

Se você chegou até aqui é porque quer saber o que o Google faz para conseguir ser a ferramenta de busca mais usada no mundo, além de ter sucesso em praticamente todos os seus produtos lançados, não é mesmo?

O primeiro segredo que eu te conto é que o Google investe muito em novas tecnologias e conta com times de criação que desenvolvem melhorias contínuas nos serviços, buscando tornar os produtos e ferramentas cada vez mais inteligentes.

Além disso, a empresa desenvolveu, ainda, processos que priorizam a contratação de pessoas talentosas e com visão de futuro. 

Assim, o Google desenvolveu uma cultura empresarial que é considerada uma das melhores do mundo, e que conta com uma estratégia de marketing interno e externo brilhante para a empresa.

Nesse sentido, a cultura organizacional do Google é estabelecida em 5 pilares:

Segurança psicológica – Para um time de sucesso é preciso oferecer segurança para que os profissionais assumam riscos e tragam ideias inovadoras sempre. 

Confiança – Ter confiança nos colegas de trabalho e acreditar que cada um vai cumprir suas responsabilidades é fundamental para que os processos ocorram perfeitamente.

Impacto do trabalho –  É fundamental que todos saibam a importância do seu trabalho. Cada atividade tem seu valor para o todo e é preciso que líderes e gestores destaquem isso. 

Estrutura e clareza –  Metas e funções precisam estar bem definidas. Sem um plano de ação não é possível atingir um objetivo em comum (e nem encontrar falhas no processo).

Significado do trabalho – Equipes precisam de um propósito e os profissionais precisam acreditar que o trabalho exercido é pessoalmente importante para cada um. 

O grande ponto do Google é que todos os processos são fortes, transparentes e estruturados, assim as equipes se comunicam entre si e desenvolvem as atividades assertivamente. 

 

Netflix e as conversas que geram relacionamento!

Antes de mais nada, a Netflix além de investir internamente em melhorias constantes da plataforma, faz um marketing certeiro para o público. 

A Netflix investe em peso em melhorias na plataforma. Desse modo, existem sempre mudanças no áudio, nas legendas, na navegação do site, na qualidade dos vídeos (alta resolução e 4k) e, inclusive, na animação de abertura.

Além disso, a empresa conta com um time de relações públicas que definiu bem o público alvo e segmenta toda a comunicação para esse público, com publicações interativas nas redes sociais.

Outro ponto fundamental é que na equipe de marketing existem pessoas focadas em monitorar nas redes sociais comentários, postagens e conversas que aparecem com o nome da empresa. 

Logo, através dessas buscas, a empresa mantém diálogos com os internautas, reforçando o engajamento das redes.

Consequentemente, suas respostas geram memes e  milhares de compartilhamentos; essa sacada fortalece – e muito – a identidade da empresa (e é uma estratégia de marketing infalível).

 

Spotify – O tom de voz certo para atrair os clientes

Falando agora do Spotify, a plataforma top 1 quando falamos de streaming para música conta com algumas estratégias de marketing interessantes.

Segundo o CEO Daniel Ek, um dos diferenciais do Spotify é que a empresa é dedicada 100% ao universo da música. Ou seja, todas as ações giram em torno de como  a empresa muda a vida dos usuários por meio da música.

Ainda mais, o algorítmo do streaming também tem o poder de alto levantamento de dados, entregando sempre novas sugestões de músicas com base no estilo que o usuário costuma ouvir.

No Spotify, o instrumento de marketing mais utilizado é o tom de voz, seja nas divulgações, no site da empresa e, claro, na hora de converter o usuário a empresa utiliza chamadas acolhedoras.

O Spotify se posiciona como o local onde você pode encontrar inspiração por meio da música. 

Em outras palavras, essa comunicação cria um vínculo com o ouvinte, gerando um relacionamento com a persona.

 

O que há de comum entre essas empresas? (Uma dica fundamental)

Para realizar todas essas estratégias de marketing, o Google, a Netflix e o Spotify contam com equipes altamente especializadas que geram insights incríveis que você pode usar como inspiração. 

Ao mesmo tempo, todas as empresas possuem um site com ótima performance na web e design intuitivo.

Essa preocupação em ter um bom site transmite uma imagem de credibilidade nos serviços, além de apresentar as empresas e servir como ponto de partida para ações de marketing. 

Apesar de todas as dicas que demos aqui, o toque final que na verdade deve ser o ponto de partida é que toda empresa de sucesso precisa de um site. 

Uma interface de qualidade que gere destaque na web e seja a porta de entrada para novos clientes que querem se conectar com a sua empresa. 

Para isso, existe o Mobsite uma solução em criação de sites para empresas de diversos segmentos. Se interessou? Clique aqui e conheça-nos!