Durante o mês de Agosto, o Mobsite participou do programa de aceleração do Startup SP pelo Sebrae em Bauru.

O Sebrae selecionou 100 startups do estado de São Paulo para participar de um programa de capacitação e mentorias com consultores do Sebrae e de profissionais externos.

Nove cidades participaram da seleção: Alto do Tietê, Araçatuba, Baixada Santista, Barretos, Bauru, Jundiaí, São José do Rio Preto, São José dos Campos e São Paulo. 

Os resultados foram divulgados no dia 26 de julho e as atividades tiveram início na primeira semana deste mês. O programa busca dar oportunidades para ideias inovadoras que atendam alguma necessidade do mercado.

Entretanto, para participar, a startup já deveria ter um MVP (Mínimo Produto Viável) e, no mínimo, dois fundadores, sendo um deles dedicado integralmente a startup. O programa Startup SP vai durar 18 semanas e termina na primeira semana de dezembro.

Além das atividades para validação, as startups selecionadas vão participar de eventos nas suas respectivas cidades e em São Paulo.

Em Bauru, foram selecionadas 10 startups: Mobsite, Canis Majoris Tecnology, Car Service, Cocreare, Colorado Tech, DoQR, Fonoonline, Lince Soluções Fiscais, Market OG, Mercatalogo, Pra Já! e TalPer. 

“Foi bem interessante e desafiador. Por eu ser uma pessoa pouco influente no mercado de tecnologia e startups, assim como modelagem do negócio, eu me senti vitoriosa em conseguir ser selecionada para o Startup SP praticamente sozinha. Tive apoio dos sócios do Mobsite, Marcio Nobrega e Robson Fernando Carmona e sócios da Gálata Tecnologia também que tem mais experiência nesse mercado e mais vivência nele” conta Bruna Ciafrei, CEO do Mobsite que está representando a ferramenta. 

Além disso, para Bruna, o Startup SP vai ajudar a melhorar o modelo de negócio do Mobsite, pois, através das atividades, é possível estabelecer um direcionamento mais assertivo da proposta e do público-alvo.

Além disso, ela está aprimorando seus conhecimentos em gerenciamento, modelagem de negócio, financeiro, métricas  e posicionamento.

O programa  também é visto pela empresária como uma oportunidade de conhecer outras empresas inovadoras da cidade. “Ainda estamos bem tímidos e não fizemos muito networking, mas aos poucos estamos nos soltando mais. Isso vai depender do ciclo do programa em conectar as startups que estão participando e também a interação. Pelo que vi, tem bastante gente empolgada nesse programa e com forças para desenvolver e melhorar seus modelos de negócios. Bastante jovens querendo trazer soluções legais para o mercado com ideias bem interessantes. Está sendo bem proveitoso” afirma a CEO. 

 

Quem pode participar do startup SP? O que é uma startup?

As startups são empresas que buscam inovar ou aprimorar um modelo de negócio atendendo uma necessidade do mercado. Ela também devem ser escaláveis e repetíveis. Por isso, a tecnologia está  intimamente relacionada a criação delas já que otimiza processos,  em especial tecnologias da informação e internet. Além disso, as startups buscam crescer sem aumentar tanto os custos de operação. 

As startups são consideradas investimentos de risco, pois elas estão inseridas em um ambiente de incerteza. Na fase inicial, é comum o modelo de negócios estar incerto e pouco definido.

Algumas startups famosas: Xiomi, Uber, Snapchat, Pinterest, Airbnb e Dropbox. No Brasil, temos a Buscapé, 99Taxis, PSafe e o Nubank.  

O que é o Mobsite?

O Mobsite é uma metodologia de criação de sites por assinatura. É uma alternativa ao construtores e aos projetos de alto investimento. É um serviço de valor fixo mensal que oferece sites de performance e voltados para o Google.

Os sites são desenvolvidos por especialistas considerando as melhores práticas web para gerar autoridade. Além disso, são produzidos projetos customizados para Pequenas e Médias Empresas de diversos tipos e segmentos.

O Mobsite também oferece atendimento pós-publicação, com um suporte rápido que realiza alterações e manutenção dos sistemas sem custo.