A velocidade é um dos principais fatores de rankeamento no Google e a otimização de imagens pode ajudar seu site a aparecer entre os primeiros resultados. Quanto mais leve forem as páginas do seu site mais rápido será o carregamento. 

 

Segundo o próprio Google, desde 2010,  sites mais velozes são favorecidos em buscas em Smartphones. Imagine procurar alguma informação utilizando dados móveis enquanto você caminha pela rua. Se o site for lento, provavelmente você vai desistir. A rapidez é tão importante para o buscador que ele disponibiliza uma ferramenta que mede a velocidade das páginas web para que você consiga melhorar o desempenho do seu site.

 

Há vários elementos que contribuem para a agilidade do carregamento. A compressão das imagens, por exemplo, é um deles. Esse processo inteligente aumenta a eficiência do seu site, pois as torna mais leves. Em uma fotografia de floresta há muitos pixels do mesmo tom de verde e a otimização de imagens guarda esse informação uma vez e exclui as repetições. Assim, diminui-se o número de dados, tornando suas páginas web mais velozes. 

 

Entretanto, há dois tipos de compressão: a que perde qualidade e a que não perde. Por isso, é necessário tomar cuidado no momento de deixar as imagens mais leves. O carregamento é importante, mas a experiência do usuário também. O que adianta colocar uma imagem, mas as pessoas não conseguirem enxergar completamente? Encontre um equilíbrio entre qualidade e velocidade. 

 

Como fazer a otimização de imagens e acelerar o carregamento?

 

 

  • Preste atenção nas dimensões

 

Segundo dados da StatCounter Global Stats, a maioria da população brasileira e mundial que utiliza desktop tem telas com resolução de  1366 x 768, seguidos por 1920 x 1080. Assim, o máximo que o usuário vai visualizar é 1920 pixels de largura. Por tanto, não faz sentido colocar uma imagem no site com 3000 pixels. Para fazer a otimização de imagens, você pode utilizar programas de edição como Photoshop, Illustrator e Paint ou fazer isso online no site BeFunky

 

  • Utilize formatos mais leves

 

Os formatos também são importantes para adequar as imagens para a web. O formato PNG é conhecido por manter a qualidade excelente e, por isso, pode pesar. Experimente converter o formato PNG em JPEG, pois ele tem boa qualidade, mas pode pesar menos. Essa função para otimização de imagens está disponível online no site ILoveIM

 

  • Comprima imagens

 

Como dissemos anteriormente, a compressão de imagens diminui o número de informações e, assim, carrega mais rapidamente. É possível fazer isso online de forma prática e rápida no site TinyPNG, que é ideal para quem trabalha com fundo transparente. Além do PNG, ele também comprime outros formatos de arquivo. Para WordPress, existe o plugin WP Smush, que comprime todas as imagens do seu site com auto compressor. Mesmo os arquivos antigos do seu blog serão otimizados. 

 

  • Use Lazy Loading 

 

Uma estratégia para tornar o seu site mais veloz é não carregar todo o conteúdo visual de uma vez. Essa tática é chamada de Lazy Loanding, em português, carregamento preguiçoso. Enquanto o usuário navega pela página, as imagens vão carregando aos poucos. Essa ação gera a impressão de que o carregamento é mais veloz. 

 

  • Utilize uma CDN 

 

A CDN (Content Delivery Network) é uma rede de servidores localizados em diversos pontos do mundo que carrega as mídias do lugar mais próximo ao usuário. Assim, mesmo que o servidor fique nos Estados Unidos, o usuário brasileiro receberá o conteúdo de um servidor localizado no Brasil. 

 

Mas e os projetos Mobsite?

 

A ferramenta Mobsite de criação de sites trabalha com a CloudFlare, maior rede de CDN do mundo e, por isso, os usuários acessam os sites com velocidade máxima. Isso ocorre graças às otimizações e a segurança que essa rede de distribuição de mídias oferece. Além disso, o lazy loading é utilizado para acelerar ainda mais o carregando. Essa função adia a inicialização de uma imagem até que ela seja necessária. A combinação das tecnologias contribui para a maior eficiência das páginas web. 

Todas as OnePage também contam a otimização de imagens. O banner principal é em formato Full Screen 1920 x 1080px e os sliders também seguem essas medidas. Além disso, as páginas são desenvolvidas com no máximo 3 sliders para não sobrecarregar o site quando aberto em dispositivos móveis. Por isso, ao enviar as imagens para a equipe Mobsite, atente-se a esses valores.

Para galerias, o tamanho é outro: 1000 x 1000px. Os formatos adequados para todos os arquivos de imagem são PNG e JPEG. Além dos formatos abertos como .ai, que devem ser abertos no illustrator, e .psd, que são abertos no Photoshop. Assim, nós cuidamos para que o seu site tenha o máximo desempenho. 

Entretanto, todo projeto Mobsite possui páginas de conteúdo editável no WordPress, que permitem que os clientes desenvolvam o Marketing de Conteúdo ou detalhem os produtos que oferecem. Essas páginas são controladas pelas empresas ou agências de comunicação e publicidade e, por isso, não conseguimos fazer a otimização de imagens. Por isso, para que os projetos de SEO funcionem, é necessário que os clientes  não apenas se atentem ao conteúdo textual, mas ao visual também e realize todas as otimizações de imagens possíveis.