Fiz meu site, estou ranqueado no Google, mas não aumento meus lucros, por quê? Talvez você não tenha usado as técnicas corretas de storytelling para sites.

 

Bem, se o seu site está no ar e está aparecendo para as pessoas, mas não está captando leads  e nem gerando vendas é porque você não está convencendo o seu cliente, não está despertando interesse nas pessoas. 

 

Talvez seja o seu produto, a escolha incorreta de imagens, o preço ou… os textos. Pois é, talvez você não tenha aplicado a estratégia correta na hora de falar com o seu cliente. 

 

Por isso, hoje, o tema do blog é: storytelling para sites. 

 

O que é storytelling?

 

Storytelling  significa, literalmente, contar histórias. Essa técnica é muito usada dentro do marketing para fortalecer uma mensagem, envolver o leitor e, consequentemente, aumentar as vendas.  

 

O foco não é só a mensagem que você está passando, mas como você está fazendo isso. Mesmo que seja a ideia mais inovadora do mundo, se mal contada, dificilmente ela vai engajar o público.

 

O storytelling é importante, pois o cérebro humano guarda muito melhor uma história do que dados. Produzir uma narrativa, humaniza o seu produto e deixa o consumidor mais próximo da sua empresa. 

 

Embora esteja na moda texto mais agressivos e persuasivos, o storytelling é ideal para marcas que buscam estabelecer conexões emocionais com os seus clientes. 

 

Storytelling é só texto? Não! Todo mundo sabe que estamos em uma sociedade altamente visual e não é atoa que uma postagem com imagens no Facebook atraia muito mais pessoas do que o famoso textão. 

 

Assim, utilize imagens, vídeos, infográficos e design para deixar a sua história ainda mais interessante e completa. 

 

Storytelling que desperta o interesse das pessoas

 

Existem vários tipos de história que emocionam e incentivam as pessoas a criarem empatia com a sua marca, personagem ou produto. A mais famosa é a jornada do herói. Se você não associou o nome a pessoa, esse tipo de narrativa é aquela que você encontra em Harry Potter, Star Wars, Indiana Jones e muitas outras. 

 

Nessas história, o personagem está em uma situação de conforto quando é obrigado a enfrentar um grande desafio. Durante o percurso, ele enfrenta problemas, mas consegue resolvê-los. As dificuldades servem para engrandecer a conquista. 

 

Outro tipo de história que convence é aquela em que você partilha dos meus valores, objetivos e sonhos do seu público. Essa é uma forma de despertar uma identificação grande entre o público e você. 

 

Storytelling para sites: encante pessoas

 

Como já foi ressaltado, esse tipo de narrativa mais elaborada, estrutura e com gatilhos mentais consegue resultados incríveis em qualquer lugar, inclusive nos sites. 

 

Quando for escrever a história da sua empresa no “quem somos” ou “sobre”, lembre-se que não faz sentido ela estar lá se não for um material interessante. Histórias genéricas e chatas não vão fazer o consumidor gostar mais da sua marca. 

 

Nem sempre temos coisas incríveis para contar, mas com certeza há algum fato único no surgimento e na jornada da sua empresa que torna ela diferente das outras. Saber transmitir esses detalhes é o segredo para encantar. 

 

Um bom storytelling para sites, seja em texto ou em vídeo, faz as pessoas se interessarem pela sua empresa e, dependendo do grau de sucesso da sua narrativa, incentivam, inclusive, o compartilhamento nas redes sociais. 

 

E esse compartilhamento pode aumentar o seu tráfego. Caso a sua história fique conhecida, outras pessoas podem vir procurar a sua empresa. Parece conto de fadas, mas não é. 

 

Narrativas estruturadas sempre atraem pessoas, não é atoa que muita gente adora a Netflix, assiste quatro novelas no mesmo dia  e acompanha fielmente programas de TV como Reality Shows.

 

Todo sucesso depende de como você conta uma história. 

 

A narrativa do surgimento da sua empresa é importante, mas lembre-se de falar de você também. Pessoas não se identificam apenas com corporações, mas com outras pessoas.Não se gabe do seu sucesso, mas tente pensar o que você e o seu consumidor tem em comum.

 

Parece impossível criar storytelling para sites, mas você pode começar tentando entender a essência da sua empresa, responda perguntas como: quais são meus ideias? Quais os meus objetivos? Por que a empresa surgiu? Quais foram as maiores dificuldades que encontramos? Como superamos? O que nos motiva todos os dias? Por que o meu negócio é importante para sociedade? Como ele está contribuindo para a vida das pessoas e para um mundo melhor? 

 

Após obter todas essas respostas, organize-as em formato narrativo e cronológico. Conte os pontos baixos e altos da sua empresa, assim, como o seu cliente, você não vive apenas de sucesso. 

 

Depois de tudo isso, simplifique. Escreva essa história como se tivesse contando pela primeira vez para um amigo desinteressado e como se você estivesse tentando despertar emoções dentro dele. 

 

Entretanto, independente da história que você for contar, não invente fatos mirabolantes. Pois, ao invés de transmitir empatia, você pode criar justamente o oposto (não vamos esquecer o caso da Betina, né?)

 

E se for necessário: faça, refaça, apague e reescreva. Repita o processo quantas vezes precisar até chegar na história perfeita. Porque seguir as técnicas de storytelling para sites pode ser um passo decisivo para que você conquiste o coração do seu cliente. 

 

O segredo é transmitir paixão e inspirar pessoas como você.  Como diz Robert Fogarty, storytelling é sobre levar alguém em uma jornada com você.  

 

Quer saber como sites One Page te ajudam nessa construção de narrativa e no storytelling para sites? Clique aqui.