Aqui no Mobsite nós trabalhamos com uma página principal OnePage e subdomínio para o conteúdo editável, no caso blog em WordPress. Porém, você sabe o que é subdomínio e como ele funciona?

Primeiro, eu vou te explicar o que é domínio. Domínio é o nome que você coloca no seu site, por exemplo, mobsite.com.br. Mobsite é o domínio e o .com.br é a extensão. Cada domínio é único e para utilizar é necessário registrar. Esse é um serviço pago e é possível verificar a disponibilidade no site do registro.br , responsável pelas extensões .com.br.

Para ter páginas secundárias, é possível usar um subdiretório ou um subdomínio. Embora os dois sejam utilizados de forma semelhantes, eles são diferentes.  É importante definir qual deles é melhor para o seu negócio desde o começo do projeto. Trocar URL não é uma boa estratégia para quem busca relevância no ambiente digital. 

 

Subdomínio

O subdomínio é um derivado do domínio e se diferencia por acrescentar uma palavra a mais no domínio, por exemplo, materiais.mobsite.com.br. Cada site pode ter incontáveis subdomínios. 

 

Subdiretório

O subdiretório funciona como uma pasta dentro do site principal. Portanto, funciona como um reflexo. Ele segue a estrutura do domínio acrescido de / e o nome do diretório.

Nesse caso, assim como em pastas do seu computador, é possível ter diferentes níveis. Inclusive, é possível acrescentar subdiretórios em subdomínios, como é o caso de materias.mobsite.com.br/blog

 

Mas qual é a vantagem de usar subdomínio? E diretório?

Eles influenciam no posicionamento no Google?

Vamos lá, esse assunto é polêmico e cada fonte recomenda uma ou outra estratégia, já que subdomínios e subdiretórios são lidos de maneiras diferentes pelo Google

O subdiretório é lido como parte do site. Consequentemente, essa estratégia é boa para quem busca ranqueamento orgânico. Nesse caso, uma página transfere autoridade para a outra, assim, o blog influência no ranqueamento da sua página principal e vice versa.

 Porém, se você quer avaliar os dados do Google Analytics separados, saber o desempenho do blog separado da página inicial, isso não será possível. O Google faz a leitura deles juntos. 

Outro fator relevante é a segurança. No caso do Mobsite, a OnePage é feita com todos os atributos de segurança para que seu site nunca caia devido a ataques, porém o WordPress está mais suscetível a sofrer com falhas.

Assim, se você tiver problemas com o blog, a OnePage se manterá intacta, porque utilizamos subdomínio. Caso o blog fosse um subdiretório, a situação ficaria mais complicada.

Utilizando subdomínio, o Google vai ler essa repartição como um segundo site, ou seja, um não influencia no ranqueamento do outro.

Isso pode parecer negativo para a transferência de autoridade. Entretanto, essa estratégia possibilita que você ranqueie com mais resultados no buscador, já que o Google limita quantas vezes um mesmo site aparece na SERP. Assim, você utiliza a mesma palavra-chave otimizada em páginas diferentes e o usuário encontrará mais portas de entrada para o seu site/marca.

O uso de subdomínio também é ideal para quem fala com vários públicos, pois cada um pode estar otimizado por segmento. Assim, você consegue nutrir melhor os seus clientes com informações relevantes e direcionadas.

O mesmo vale se você tem estratégias muito locais, pois pode criar um subdomínio para cada uma das cidades ou regiões.

Entretanto, nós ressaltamos: crie conteúdo! O Google vai ranquear sites que ofereçam ao usuário informações de qualidade. Então, independente de ser subdomínio ou subdiretório, invista nas estratégias de SEO, se preocupe com outros fatores de ranqueamento e o mais importante: não deixe de publicar!

Autoridade não se cria do zero, as otimizações são constantes e os projetos de SEO devem ser a longo prazo.